terça-feira, 24 de março de 2015

HÁ HORAS FELIZES.

Numa fresca manhã de Inverno em plena Primavera, uma pessoa chega ao trabalho, baixa-se para ligar o computador quando ouve: grrrrrrrrrr - e a 60km de casa pensa: Não, isto não foram as minhas calças.

Mas foram.

Tinha rasgado as calças no rabo assim que cheguei ao escritório. Previsões para o dia de hoje? Cinzentas, muito cinzentas. Mas enganei-me.

Felizmente consegui deslocar-me a cidade mais próxima e resolver a minha questão - comprando umas calças novas - para poder regressar ao trabalho fresca que nem uma gota de orvalho.

Ao chegar a minha terrinha, já perto das 19h30, tive uma hora tão produtiva que até estranhei: 
  • Fui ao hospital buscar o resultado das minhas análises de segundo trimestre. E, apesar da ansiedade, estava tudo bem - que alívio! Parece que uma pessoa agora vive com o coração nas mãos: é a glicose, é toxoplasmose, é tudo e mais alguma coisa para nos fazer tremer;
  • Fui ao Centro de Saúde mostrar os resultados e por estrelinha encontrei o meu médico de família e a enfermeira - bingo!
  • Fui à dentista;
  • Fui ao Veterinário;
  • Fui à casa dos sogros;
  • E antes de vir para casa ainda encontrei uma pessoa com quem queria muito falar.
E tudo isto numa hora - hajam horas felizes! Afinal, ter começado o dia a rasgar as calças até nem foi negativo, como tal, se um dia algo parecido vos acontecer pensem: keep calm que o melhor ainda está para vir!

E só porque estou mesmo muito contente, autorizam-me que dê um grito de alegria?

Não tenho diabetes gestacional!!!! 
Weeeeeeeeeee!


Que alívio!

sábado, 21 de março de 2015

ESTAR GRÁVIDA É...


... Ter a obrigatoriedade de dormir de lado.

Mas o meu subconsciente (rebelde) nem sempre aceita esta regra e, assim que me distraio,
coloca-me a dormir de barriga para cima. Estou feita!

sexta-feira, 20 de março de 2015

NÃO, NÃO SOU A ÚNICA.

Depois de tantos anos a debater este assunto... eis alguém que me entende.
 

Obrigada Ricardo!

quinta-feira, 19 de março de 2015

UMA NOVA AVENTURA.


Embora ainda não estejas no activo...
... FELIZ DIA DO PAI!! 

A partir de agora tudo será ainda mais especial.
Tenho a certeza!

terça-feira, 17 de março de 2015

A ÚNICA MULHER.


Dizem por aí que é a telenovela do momento.

Depois de tantos anos afastada das telenovelas da TVI, decidi dar uma oportunidade a esta "mega produção".

Eu estou de olho, e vocês?

6 ANOS DE TRABALHO.

Já trabalho (como licenciada) há 6 anos, como o tempo passa...

E em 6 anos tanta coisa mudou na minha vida. Já sorri e já desesperei, já acreditei e já pensei em largar tudo. Mas ainda assim me mantenho firme, mesmo com as responsabilidades acrescidas ano após ano, dia após dia. Em 6 anos casei, viajei 4x até às Caraíbas, fui a casamentos, baptizados e funerais, comprei e paguei um carro, fui a Londres, fiz várias escapadinhas, pratiquei taekwondo, e agora vou ser mãe. Poderia dizer que tenho uma vida de sucesso aos 27 anos, não fosse o ordenado tão minorca, mas quem sabe um dia se acabem os impostos extraordinários. Haja esperança! Até lá continuo com os 120km/diários e com os mais de 30 000km anuais. Embora não me sinta minimamente realizada em termos profissionais, haja trabalho!

quarta-feira, 11 de março de 2015

TRABALHAR EM MEIO RURAL.

Uma pessoa chega ao trabalho com umas calças pretas e com uma blusa preta às riscas brancas (pensando que emana estilo por todos os poros) e nisto perguntam:

- Faleceu alguém?



Como diria a outra... Coragem!

segunda-feira, 9 de março de 2015

AQUELE MOMENTO...

... Em que entras num centro comercial... e apenas te diriges às lojas de puericultura. Sim, eu já estou nessa fase! Mostro-vos algumas das comprinhas do fim-de-semana.
Bolsa e porta-chupeta.
Muda fraldas.
Porta-documentos.
E o que têm em comum estas três peças?
Além de serem da mesma marca, são todas impermeáveis e facilmente laváveis.
Gosto disto!

quinta-feira, 5 de março de 2015

O MEU FILHO NÃO DÁ PONTAPÉS...


... ELE DÁ AP CHAGUIS!

Ap - Frente
Chagui - Pontapé
Ap Chagui - Pontapé de frente em Taekwondo.

quarta-feira, 4 de março de 2015

PAPÁS VÃO AO STAND.

Habemus carrinho de bebé.

Bem… e que vasto é o mundo dos carrinhos de bebé! Entre mil e quatro marcas e verificação de trezentos requisitos… chegámos a uma decisão: o estiloso Stokke Xplory.


Para já, e enquanto papás inexperientes, o Stokke Xplory encheu-nos as medidas e esvaziou-nos a carteira. Optámos então por comprar o carrinho de passeio, o ovinho (escolhemos o IziSleep) e o isofix. E a alcofinha, perguntam vocês? Pois que neste momento a alcofinha ficou em standby já que o ovinho parece ser muito versátil (ainda não chegou) contendo 2 opções de inclinação. Segundo sei, o único ponto negativo do ovinho é mesmo o peso, mas não desesperem! Ora sendo eu uma pessoa dada à ginástica, e já que o tempo para treinar o bícep deve escassear – raios partam as marcas que pensam em tudo - , aproveito e faço elevações com o miúdo. Como diria o meu amigo JJ – vai ser Piners!

Adiante. Escolhida a viatura para espalhar magia, seguiu-se a escolha da cor. Neste campo optámos por um tom neutro: o cinzento. Já que se trata (espero eu!!!) de um investimento a longo prazo, há que ponderar necessidades futuras como, por exemplo, a chegada de uma menina à família. Mais vale prevenir, certo? Além disso, o cinza pareceu-me uma cor bastante aceitável.

Já próxima da caixa e pensando que estava de saída do stand… aparece o marido com mais um acessório na mão – os homens não podem ir aos stands! Sabem do que se tratava? De uma banheira! (Sim Senhor, neste Stand vendiam banheiras!) Ora não bastava a fortuna da viatura que nem motor tinha – mas trazia rede mosquiteira e capa para a chuva – senão agora uma banheira da mesma marca. Conclusão? Trouxemos a banheira também – não há-de ser por minha causa que o miúdo não chapinha o quarto. O interessante deste acessório (que sinceramente não achei muito charmoso) recai na funcionalidade de se “encolher” e caber em qualquer buraco. Super prático e assim convenceu-me em 2 segundos - pelo menos, enquanto grávida de 22 semanas e 4 dias.




Compras feitas, saímos do stand. Mas como nunca se sai sem sonhos de um stand… ainda ficámos a pensar no marsúpio. No marsúpio, no kit de Inverno, na espreguiçadeira, na cadeira da papa, … bem, vou ali tentar a sorte numa raspadinha e já volto!

terça-feira, 3 de março de 2015

COMO SE VAI CHAMAR O BEBÉ?

Penso que (quase) todas as pessoas idealizam e sonham com os nomes dos filhos. Eu, menina precoce, recordo-me de na escola primária dizer ingenuamente que teria um filho Fernando e uma filha Armanda – isto por admirar pessoas com estes nomes. É óbvio que mais tarde o gosto acompanhou o meu crescimento e há muito que outros 2 nomes, masculinos, me piscam o olho.

Outra questão que acho importante é a envolvência de ambos os pais nesta escolha. 
Não concordo quando a escolha parte apenas de um dos lados – o filho é de ambos e (na minha modesta opinião) é indispensável chegar-se a um consenso. No meu caso específico tive muita sorte: entre os milhentos temas debatidos no inicio da relação, os nomes dos futuros filhos reuniram consenso logo na primeira abordagem. Assim sendo, agora que esperamos o nosso primeiro filhote, a única hesitação recaiu apenas na escolha de quem seria o mais velho já que tínhamos dois nomes em cima da mesa.


Agora que falo em dois nomes, lembrei-me de uma outra questão nesta saga que é a escolha dos nomes: a opção por dois nomes próprios. Para mim, era algo que estava fora de hipótese. Eu tenho dois nomes próprios e sempre os associei, quando chamados em conjunto, ao pensamento: ups, já fiz caca! Felizmente o maridão concordou com a minha teoria e como tal não vamos proporcionar este drama ao nosso rebento. Sou da opinião que um nome próprio e dois apelidos chegam perfeitamente – há que facilitar a vida ao puto senão só aprenderá o nome no 4ºAno (que exagero!).

Bem, mas nem tudo é assim tão simples. Sim, porque uma pessoa “atrasa-se” e quando dá por isso há milhentos indivíduos com o mesmo nome – o que é chato e ainda me fez vacilar. Mas o desejo de ter o NOSSO SANTIAGO superou todos os receios e por isso em Julho cá o esperaremos para embelezar ainda mais a nossa vida.