sexta-feira, 26 de agosto de 2016

A VELHICE, TÃO TRISTE...

Acabei de assistir a um encontro entre irmãos... 
Em que ele, doente de Alzheimer, não a reconheceu.
Custou-me tanto vê-la chorar, que m*rda de doença!
--
Ainda hoje recordo o dia em que fui visitar a minha avó e ela
simplesmente não me conheceu - que choque.

10 comentários:

  1. É uma doença difícil para o doente e para quem convive com ele

    ResponderEliminar
  2. Já passei pelo mesmo, sei o que isso é. Custa mesmo. Tu conheces a pessoa e a pessoa olha-te como uma estranha =S

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Há coisas que nem consigo imaginar, deve ser tão triste e angustiante ver uma pessoa da nossa família a não saber quem somos. tenho muito medo dessa doença. É como se nos apagasse como pessoas.

    ResponderEliminar
  4. a minha avó tem aquilo a que os médicos chamam «demência de idade», ou seja, não tem alzheimer, mas os sintomas são semelhantes. Tem 93 anos e pela primeira vez, há aproximadamente um mês tivemos que a levar às urgências. Agora foi deixada com uma sonda porque já não se consegue alimentar nem hidratar correctamente... Está desde aí num lar (muito bom, por sinal, mas nada como a casinha deles) e cada vez que a vou visitar tenho sempre aquele aperto no peito ... Também já não me reconhece, mas reconhece o meu nome, às vezes até chama por mim *.*

    ResponderEliminar
  5. Percebo-te tão bem... é das doenças mais dolorosas para a família... lembro-me sempre do meu querido avô. :( Beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Uma realidade para a qual nunca estamos preparados..por mais que nos preparemos....Estou de volta ao meu cantinho amiga,...bjs
    Maria

    ResponderEliminar

DEIXA A TUA OPINIÃO FORMAR A TEIA!