sexta-feira, 4 de novembro de 2016

ISTO DE SER MÃE.

Olá gente gira e animada!! 

Contentes por ser sexta-feira? Espero que sim!! 

Por aqui vive-se o dilema de fazer ou não uma escapadinha no fim-de-semana para recarregar baterias. 

Se a ideia inicial se prendia com o facto de passarmos o primeiro fim-de-semana a sós depois de sermos pais (já passaram quase 16 meses), por outro lado agora surgiu o "remorso" de não levarmos o nosso filho. É de facto um dilema muito chato e controverso... Mas sejamos sinceros, desde que ele nasceu que o tempo para nós tem sido mínimo e o que é certo é que os casais também precisam de um bocadinho de atenção - acham que isto é ser egoísta? Para agravar a situação, como estou grávida ando a suplicar por umas horinhas de descanso... e sem choro.... 

Tem sido super cansativo para mim, porque o vou buscar as 18h/18h30 quando chego do trabalho e uma vez chegada a casa vivo aquela adrenalina de um olho na comida e outro no filho. E um filho tem sempre as suas necessidades e atenções porque ou está a fazer aquilo que não pode ou a subir para onde não deve. Enfim. Isto tudo sozinha porque o maridão só chega a casa perto das 22h.

O que acham desta modalidade de deixar os filhos com os avós (que adoram a ideia) e ir descansar (e namorar) um dia e meio longe do choro e das fraldas?

14 comentários:

  1. Eu não tenho filhos mas não acho mal.
    Como dizes, o casal precisa mesmo...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Isso cada um sabe de si, cada casal tem a sua dinâmica, as suas prioridades e preferências. Apesar de termos uns avôs muito prestáveis, sempre a fazer figas para ficarem com ele, nós ainda não conseguimos deixá-lo por muitas horas. Temos os nossos momentos a dois mas ainda não consegui abdicar das noites com ele, ainda não dormiu fora de casa. Não sei quando estarei disposta a tal, mas tenho aproveitado outros programas a dois.
    Opiniões há muitas mas só vocês sabem a resposta a essa pergunta :)

    ResponderEliminar
  3. Eu acho muito bem e não tem nada de egoísta. Só tenho pena de não o conseguir fazer porque não tenho quem fique com os meus, sendo assim vamos sempre todos.
    Se tens com quem deixar o pequeno e ficas descansada, vai. Aproveita.

    Bejinho

    Maggie

    ResponderEliminar
  4. Eu acho que o devem fazer, eu assim que o meu filho fez 12 meses fugi um fim de semana para Madrid e outro para Londres. Soube-me pela vida. Tão importante como estar com os nossos filhos e não esquecer que somos um casal e teremos aventuras só dos dois :) Corram para esse fim de semana :p

    ResponderEliminar
  5. Eu acho que fazes muito bem em irem sozinhos e deves ir, sem remorsos! Um filho é o resultado do vosso amor, que tem de ser alimentado. E sejamos racionais: o que é um fim-de-semana, comparado com todo o tempo que lhe dão atenção e amor? Eu acho que só faz bem a todos. O baby fica bem entregue! :) Bom descanso e namoro! :D

    ResponderEliminar
  6. O meu filho tem 22 meses e decidimos fazer isso quando ele fez um ano, ele ainda não dorme à noite toda, volta e meia precisamos mesmo de descansar e deixamos o bebe com os avós, que adoram e temos um fim de semana de namoro, passeio, descanso só a 2 e sabe-nos a céu😊

    ResponderEliminar
  7. Acho muito bem! Isso faz falta! Força!! Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Olá querida! Eu ainda não tenho filhos.
    Acho que claro que os pais merecem tempo só para eles, e penso que um fim-de-semana, ou mesmo que sejam 3 ou 4 dias não há problema nenhum. Por outro lado, como a minha mãe sempre foi muito mãe galinha e nunca nos deixava com os avós mais do que ir deixar-nos à noite, dormir lá e ir-nos buscar de manhã ou ao início da tarde, acho que quando um dia tiver filhos me vai ser também muito difícil deixá-los um fim-de-semana com os avós. O meu marido teve uma experiência completa antagónica à minha - os pais sempre foram de férias e nunca o levavam (só o levaram talvez 2 ou 3 vezes em 18 anos - refiro os 18, porque normalmente a partir desta idade já não se quer ir de férias com os pais)... pelo que ele percebe perfeitamente a situação de o casal precisar de tempo para si, mas por outro lado não quer que os nossos filhos venham a sentir o que ele sentia quando os pais o deixavam com os avós. Por isso vai ser um verdadeiro desafio equilibrar a minha experiência com a dele e chegar a um meio termo, que esperamos que seja algo do género: uns fins-de-semana sem filhos, outros com filhos e férias com filhos (ou hipoteticamente, 3/4 dias de férias sem filhos e outros 3/4 dias com filhos, para que não se sintam postos de parte!).

    Já estou a fazer um grande testamento, desculpa ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpa esta intromissão, mas acho que há uma grande diferença entre passar um fim de semana a dois ou apenas levar os filhos 2 vezes em 18, de férias.
      No primeiro caso, é uma necessidade do casal em descansar e namorar sem gritos e birras, enquanto no segundo parece uma dificuldade em assumir as responsabilidades enquanto pais e não querer abdicar do conforto de não se ter filhos. Tudo se quer com conta, peso e medida.

      Eliminar
  9. Apesar de ainda não ser mãe acho que devias aproveitar já que há a possibilidade para o fazeres, afinal o casal também precisa de tempo para si :)

    ResponderEliminar
  10. Eu faço isso sempre que posso! E não sinto remorsos nenhuns! Aliás, tenho pena de não o fazer mais vezes e de não ter os meus pais perto de mim para me socorrer deles mais vezes! Os avós adoram, os miúdos também e faz maravilhas ao casal!
    aproveita, sem medos ou remorsos! (porque em breve deixam de ser 3 e passam a ser 4!!)

    ResponderEliminar
  11. Muitos parabéns pela gravidez :)
    Como referiste, o casal também precisa dos seus momentos a sós. E se há essa possibilidade de o pequenino ficar com os avós aproveitem, sem remorsos

    ResponderEliminar
  12. Não tenho filhos mas concordo que o casal precisa sempre de tempo a sós, mesmo que pouco tempo acho que deves aproveitar.

    ResponderEliminar
  13. acho que é importante terem tempo para vocês os dois :)

    ResponderEliminar

DEIXA A TUA OPINIÃO FORMAR A TEIA!